Energia Social: gestão participativa

A formação de parcerias com a sociedade em torno de objetivos comuns e alinhados aos nossos valores amplia a percepção positiva sobre a presença do nosso negócio em regiões nas quais a cultura da cana-de-açúcar era pouco difundida até então. O impacto que geramos para as comunidades, investindo em projetos e iniciativas que vão ao encontro das principais demandas locais, agrega valor à maneira como conduzimos a realização da estratégia traçada pela empresa.


Energia Social: gestão participativa

A formação de parcerias com a sociedade em torno de objetivos comuns e alinhados aos nossos valores amplia a percepção positiva sobre a presença do nosso negócio em regiões nas quais a cultura da cana-de-açúcar era pouco difundida até então. O impacto que geramos para as comunidades, investindo em projetos e iniciativas que vão ao encontro das principais demandas locais, agrega valor à maneira como conduzimos a realização da estratégia traçada pela empresa.

Para orientar esse modelo de atuação e assegurar que os investimentos que realizamos estão de acordo com nosso Compromisso com a Atuação Ética, Íntegra e Transparente, contamos desde 2009 com o Programa Energia Social, que define as diretrizes para a aplicação dos recursos financeiros destinados a doações e apoios a projetos socioambientais. O Energia Social conta com uma estrutura de gestão participativa que congrega representantes da Atvos, do poder público local e das comunidades locais.

Um dos principais benefícios da gestão participativa é a mitigação do risco de que os projetos apoiados no âmbito do Energia Social sejam direcionados para fortalecer plataformas de curto prazo dos governos locais, perdendo o foco na geração de valor contínua e na perpetuidade das iniciativas. Além disso, o programa incentiva a criação de cadeias produtivas mais sustentáveis com potencial para a diversificação das fontes de geração de renda local.

Em 2018, o Energia Social realizou a primeira edição do Seminário de Sustentabilidade Local no município de Deodápolis (MS), envolvendo a comunidade local na discussão sobre temas importantes para o desenvolvimento socioeconômico da região. Os participantes também conheceram os projetos socioambientais que já realizamos e debateram os desafios e oportunidades para inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho.

manufaturado financeiro manufaturado financeiro manufaturado financeiro manufaturado financeiro


Em 2017, realizamos uma pesquisa com diversos públicos para avaliar a percepção da imagem e da reputação da empresa. O estudo seguiu a metodologia do Reputation Institute, que avalia diferentes dimensões de atuação da empresa e consolida a reputação em um indicador chamado de Pulse.

Os resultados da pesquisa permitiram identificar o valor que o Programa Energia Social gera para a Atvos, principalmente na dimensão Cidadania. A avaliação dos integrantes, parceiros e influenciadores (representantes da sociedade) eleva a nota alcançada pela empresa. No município de Costa Rica (MS), onde há o maior número de projetos implementados, alcançamos avaliações acima de 80 pontos em todos os quesitos relacionados ao tema Cidadania Corporativa. A escala de avaliação vai de 0 a 100.

O Energia Social também tem potencial para melhorar a percepção dos públicos quanto ao nosso desempenho em temas relacionados à dimensão Governança e Ética. As diretrizes adotadas pelo programa aumentam a avaliação de que a empresa respeita leis, normas e padrões, modulando a relação ética e transparente com os representantes do poder público local.



Acreditar nas pessoas e no futuro

Nossa relação com as comunidades dos municípios em que atuamos também se fortalece com o investimento na capacitação e preparação das pessoas para um futuro mais sustentável. Realizamos os programas Acreditar e Acreditar na Diversidade com o objetivo de contribuir para que jovens e adultos estejam prontos para aproveitar oportunidades de carreira no mercado de trabalho.

continuar lendo

Acreditar nas pessoas e no futuro

Nossa relação com as comunidades dos municípios em que atuamos também se fortalece com o investimento na capacitação e preparação das pessoas para um futuro mais sustentável. Realizamos os programas Acreditar e Acreditar na Diversidade com o objetivo de contribuir para que jovens e adultos estejam prontos para aproveitar oportunidades de carreira no mercado de trabalho.

O programa Acreditar beneficia os moradores das cidades em que estamos presentes por meio da qualificação profissional e aprendizagem técnica, mesmo sem pertencer ao quadro funcional da Atvos.

O Acreditar na Diversidade é uma iniciativa criada para qualificar e incluir pessoas com deficiência (PCDs) no mercado de trabalho. O programa teve início no Polo São Paulo, em 2016, ano em que foi reconhecido na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) na premiação de “Melhores Empresas para Trabalhadores com Deficiência”.

Na safra 2017/2018, o Acreditar na Diversidade foi expandido para mais três polos agroindustriais: Taquari, Eldorado e Araguaia. Com isso, três novas turmas foram qualificadas nos municípios de Costa Rica e Deodápolis (Mato Grosso do Sul) e Mineiros (Goiás), totalizando cerca de 80 pessoas beneficiadas.


Créditos

Responsável pela Sustentabilidade: Mônica Alcântara
Responsável pela publicação: Guilherme Bourroul
Consultoria GRI e relato integrado, coordenação editorial e design: usina82
Fotografia: Eduardo Moody, Anderson Meneses e acervo Atvos

[ X ]